Pesquisas desenvolvidas na Moscamed Brasil são apresentadas no 14º Simpósio de Controle Biológico

O 14º Simpósio de Controle Biológico, o Siconbiol 2015 está acontecendo em Teresópolis no Rio de Janeiro e vai até esta quinta-feira (18). O simpósio reuniu uma média 700 pesquisadores e estudantes de diversas universidades e instituições da América do Sul, para debater sobre agentes de controle biológico.

Um grupo composto pelas pesquisadoras Luiza Garziera, Michelle Pedrosa e Aline Macedo representam a Biofábrica Moscamed Brasil e as duas linhas de pesquisa desenvolvidas na empresa e acompanham a exposição e debate de trabalhos inseridos nas temáticas: controle biológico na agricultura, na saúde humana e tecnologias aplicadas.

A Professora do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo – ICB/USP, Margareth Capurro, ministrou na manhã desta quarta-feira (17) uma palestra sobre o Projeto Aedes Transgênico – PAT, programa que coordena na biofábrica. Iniciado em 2011 na cidade de Juazeiro, região norte da Bahia, o Projeto Aedes Transgênico (PAT) visa controlar a transmissão de doenças transmitidas por este vetor produzindo linhagens de mosquitos geneticamente modificados (OGM), que serão capazes de suprimir as populações naturais.

“A pesquisa consiste na utilização de mosquitos machos de uma linhagem transgênica para combater o mosquito transmissor do vírus dengue”, informou Capurro.

A professora explica que cientistas ingleses introduziram um gene (unidades de características hereditárias) no mosquito Aedes aegypti, que é responsável pela produção de uma proteína.

“Em altas doses, essa proteína impossibilita o desenvolvimento da prole (filhos) desses mosquitos, ou seja, eles não serão capazes de chegar à fase adulta, e, por isso, não conseguirão transmitir a doença”, resumiu.

Ainda na programação, o pesquisador do ICB/USP, Danilo Carvalho que gerenciou a implantação do PAT em Juazeiro e Jacobina, região noroeste da Bahia, compartilhou numa mesa redonda o uso de linhagens transgênicas de Aedes aegypti para o estudo da biologia de cópula.

Para encerrar o dia, uma sessão de pôsteres com exposição de seis trabalhos desenvolvidos na Moscamed: ‘Monitoramento em área ampla para fins de manejo integrado de moscas-das-frutas em áreas de produção fruteiras nos distritos irrigados de Petrolina-PE’. Autores: Marijke N. Daamen, Fabricio A. Souza, Maylen G. Pacheco, Jair F. Virginio.

‘Competitividade sexual de machos de duas linhagens de Ceratitis capitata (Wiedemann, 1824) (Diptera:Tephritidae): mutante tsl-Vienna 8 e transgênica OX3864A, em condições de gaiola de campo’. Autores: Jair F. Virginio, Maylen G. Pacheco, Aline T. Macedo, Gessyca A. G. Araujo, Meire S. Suares, Jessica O. Santos, Beatriz J. Paranhos, Júlio M.M. Walder.

‘Os efeitos da alimentação de machos de Ceratitis capitata (Wiedemann, 1824) (Diptera:Tephritidae), linhagem transgênica OX3864A na sobrevivência e suas implicações na Técnica do Inseto Estéril‘. Autores: Maylen G. Pacheco, Jair F. Virginio, Aline T. Macedo, Gessyca A. G. Araujo, Meire S. Suares, Beatriz J. Paranhos, Júlio M.M. Walder (TCBA181).

‘Irradiação de ovos de Ceratitis capitata (Wiedemann, 1824) (Diptera: Tephritidae) para sua utilização na criação massal do parasitoide Diachasmimorpha longicaudata (Asmead, 1905) (Hymenoptera: Braconidae) no Brasil’. Autores: Aline T. Macedo, Gessyca A. G. Araujo, Jair F. Virginio, Beatriz J. Paranhos, Nilton Sousa, Jessica O. Santos, Meire S. Suares, Maylen G. Pacheco.

‘A experiência brasileira com a criação em massa de Aedes aegypti transgênico para utilização em controle vetorial’. Autores: Michelle C. Pedrosa, Luiza Garziera, Danilo Carvalho, Jair F. Virginio, Margareth Capurro.

‘Determinação de dose esterilizante de Raios X em machos de Aedes aegypti (DIPTERA: CULICIDAE) para utilização na Técnica do Inseto Estéril.’ Autores: Michelle C. Pedrosa, Talyta T. Vianex, Maylen G. Pacheco, Luiza Garziera, Joseph A.V.S Soeiro, Nilton de S.Silva, Jair F. Virginio, Margareth Capurro.

Mais sobre o projeto

07/07/2015

Vigilância epidemiológica de Jacobina afirma que nas áreas tratadas como PAT houve redução de casos de dengue

O Diretor de Vigilância Epidemiológica de Jacobina, José Alves da Silva Junior afirmou no Portal Jacobina Noticias que nas áreas tratadas com o Projeto Aedes Transgênico- PAT houve redução nos casos d

10/06/2015

Jornalistas franceses conhecem Projeto Aedes Transgênico

Jornalistas do Canal France 5 (http://www.france5.fr/) visitaram na tarde desta terça-feira (09), a Biofábrica Moscamed Brasil, localizada em Juazeiro, interior da Bahia, para conhecer o projeto do Ae

22/05/2015

Núcleo Regional de Saúde Centro Norte e Moscamed atualizam dados sobre o PAT, em Jacobina

O número de ovos do A. Aegypti foi reduzido em 80% no bairro Pedra Branca e 40% no bairro Catuaba

21/05/2015

Moscamed participa de reunião com Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Jacobina

Coordenador de Vigilância Epidemiológica diz que houve redução nos casos de Dengue

20/05/2015

Projeto Aedes Transgênico atrai equipe da SESAB a Juazeiro

Biofábrica Moscamed Brasil - Organização Social reconhecida pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e pelo Governo da Bahia
Av. C1, 992 - Quadra D 13, Lote 15, Distrito Industrial do São Francisco, Juazeiro - BA - Brasil - CEP 48.908-000
Telefone e Fax: (74) 3612.5399
E-mail: biofabrica@moscamed.org.br

ÓRGÃOS FINANCIADORES E
ALIANÇAS ESTRATÉGICAS
  • governo federal
  • finep
  • banco nordeste
  • cnpq
  • iaea
  • governo bahia
  • secretaria saude bahia
  • secretaria administracao bahia
  • secretaria agricultura bahia
  • adab
  • adagro
  • embrapa
  • esalq
  • icb
  • codevasf
  • adagri
  • uneb
  • inca
  • usda
  • cena
  • univasf
  • usp
  • uesb
  • ufpe
Inovamídia

Moscamed Brasil 2006-2010 - Todos os Direitos Reservados