07/05/2012

Doutoranda do sul do país escolhe a Moscamed para desenvolver suas pesquisas

Doutoranda do sul do país escolhe a Moscamed para desenvolver suas pesquisas

A doutoranda em controle biológico da mosca sul americana em fruteiras de clima temperado (Anastrepha fraterculus), do Programa de Pós-Graduação em Agronomia - Produção Vegetal da Universidade Federal do Paraná (UFPR), Magda Fernanda Paixão, escolheu a Biofábrica Moscamed Brasil para fundamentar a pesquisa do seu projeto de doutorado, por meio do Programa de Armadilhamento e Controle (PAC) de moscas-das–frutas, que será a principal base de seu trabalho.

A pesquisadora passará por um treinamento para aprender a técnica de criação do parasitóide (Diachasmimorpha longicaudata), que é um inimigo natural das moscas-das-frutas popularmente conhecido como vespa, utilizado para interromper o ciclo biológico da mosca. O processo acontece quando a fêmea da vespa introduz o ovipositor no interior do fruto e coloca seus ovos dentro do corpo da larva da mosca, surgindo uma nova vespa, que elimina a praga.

A proposta da pesquisa é multiplicar os parasitóides em laboratório, liberá-los em campo para reduzir o uso de inseticidas nos pomares de pêssego, ameixa e maçã. A Anastrepha fraterculus é a principal espécie de moscas-das-frutas nos pomares de clima temperado, que provoca grandes prejuízos.

De acordo com Magda, esta linha de pesquisa é nova em Curitiba. Na região sul do país instituições como a Universidade Federal do Rio Grande do Sul e a Embrapa de Clima Temperado em Pelotas (RS), já desenvolvem esta técnica, mas a eficiência da Biofábrica na busca e aplicação de alternativas ambientalmente seguras e com alta eficiência no controle de pragas, despertou o interesse da pesquisadora.

“Escolhi a Moscamed porque é uma referência nacional no manejo integrado de moscas-das-frutas. Sua competência na aplicação do inseto estéril é bastante reconhecida pelos profissionais da UFPR que atuam na área de entomologia e controle biológico. O apoio que estou recebendo aqui é imprescindível para ampliar os meus conhecimentos na área e desenvolver uma boa tese”, declara Magda.

Para a entomologista, pesquisadora da Embrapa Semiárido e co-orientadora do projeto, Dra. Beatriz Jordão Paranhos, o intercâmbio da Moscamed com pesquisadores de outras instituições é muito positivo. “É uma empresa totalmente aberta às novas tecnologias. É um elo entre o desenvolvimento da pesquisa e a aplicação das tecnologias em campo e para tanto, busca o intercâmbio com instituições nacionais e internacionais, no qual ambas são beneficiadas”, declara Beatriz.

Após o treinamento, que tem duração de 30 dias, a doutoranda retornará ao Paraná para iniciar seus trabalhos de criação e multiplicação das vespas no laboratório da UFPR e realizar as liberações na região metropolitana de Curitiba, inicialmente nos municípios de Araucária e Lapa.

 

Texto: Celane Rosa – Ascom Moscamed Brasil

Foto: Celane Rosa


imprimir


Biofábrica Moscamed Brasil - Organização Social reconhecida pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e pelo Governo da Bahia
Av. C1, 992 - Quadra D 13, Lote 15, Distrito Industrial do São Francisco, Juazeiro - BA - Brasil - CEP 48.908-000
Telefone e Fax: (74) 3612.5399
E-mail: biofabrica@moscamed.org.br

ÓRGÃOS FINANCIADORES E
ALIANÇAS ESTRATÉGICAS
  • governo federal
  • finep
  • banco nordeste
  • cnpq
  • iaea
  • governo bahia
  • secretaria saude bahia
  • secretaria administracao bahia
  • secretaria agricultura bahia
  • adab
  • adagro
  • embrapa
  • esalq
  • icb
  • codevasf
  • adagri
  • uneb
  • inca
  • usda
  • cena
  • univasf
  • usp
  • uesb
  • ufpe
Inovamídia

Moscamed Brasil 2006-2010 - Todos os Direitos Reservados